Turistando – Parte Final

Boa tarde pessoinhas,

Chegou a última parte da minha viagem. Depois dos passeios do último post eu ainda fiquei mais quatro dias em Buenos Aires, vi muita coisa legal, mas, para num ficar muito cansativo, vou comentar aqui os pontos altos desses dias.

No sábado acordei cedo e fui conhecer a província de Tigre, que fica a uns 40 minutos de Buenos Aires de trem, conhecida pelos parques de diversão, mais especificamente pelas montanhas russas.

IMG-20170415-WA0045
Aí dá para ver um pouquinho de um dos parques!

Não aproveitei essa parte da fama, mas conheci uma outra curiosidade de Tigre, as casas na beira do rio.

E aí foge completamente do imaginário, não são casinhas humildes, como muitos podem pensar. São mansões, lindas, em que só se pode chegar de barco (como um táxi aquático) ou de lancha, cada uma um pier próprio.

IMG-20170415-WA0044
Esse é o cais de Tigre, estava esperando o barco chegar
IMG-20170415-WA0031
Esse é um dos píeres mais simples que eu vi 

Já me imaginei num final de tarde sentada por lá, recebendo um ventinho frio e gostoso, olhando os barcos de turismo (como o que eu fui) passando.

Brincadeiras à parte, fazendo esse passeio de barco (custou uns $ 250,00, se não me engano) dá para ver essas casas, sonhando com um pier para chamar de seu, os hotéis e clubes da cidade e um pouco dos parques.

Há um passeio mais caro, esse dura o dia inteiro e tem uma parada num local para fazer piquenique. E também tem outros barcos que tem um restaurante dentro, você almoça enquanto passeia.

Voltando a Buenos Aires fui fazer um programa cultural, conhecer o Museu Nacional de Belas Artes, na Recoleta (se eu ame esse bairro? Muito). Eu nunca estive em um museu desse porte, é um labirinto de obras de artes de encher os olhos e fazer reflexões. Dá para passar o dia por lá e nem perceber as horas passarem.

IMG-20170415-WA0077

Gostei muito desse momento cultural, mas o que mais gostei foi de ter encontrado essas obras inspiradas no balé dos franceses Edgar Degas e Jean-Louis Forain.

Degas tem toda uma “galeria” sobre o assunto, são várias formas de se ver uma bailarina. Já Forain, que teve Degas como inspiração, tem menos obras sobre o assunto, mas não menos belas, inclusive essa da foto é bem marcante.

Meu domingo começou mais tarde, permiti-me dormir mais tarde (ok, fui para balada no sábado à noite, confesso). Primeiro fui conhecer o bairro de San Telmo, que é um bairro turístico, tem bons restaurantes e uma feirinha ao longo de toda a rua, porém o maior atrativo é esse bem aqui:

IMG-20170416-WA0021
Batendo papinho com Mafalda

Nostalgia dos tempos de terceiro ano, estudar tirinhas de Mafalda, aquele nosso primeiro contato com uma filosofia decente e nada intimidadora!

Ela é obra do cartunista Quino, argentino que viveu nesse bairro quando a personagem fez fama, por isso tem essa escultura dela num banco, como se esperasse alguém para conversar sobre coisas significativas.

Daí fui para o ponto principal do dia, a Casa Rosada. Não conheço o Planalto Central (ainda), mas a Casa Rosada já conheço.

IMG-20170416-WA0114-01

Pense numa nerd dentro dessa Casa Rosada… Eu, euzinha, eu mesma!

Tudo é interessante por lá. Primeiro você se depara com um salão gigante absolutamente vazio, mas que tinha muitas pinturas de ex-presidentes e autoridades… Aí a CACDista já lembra do que? Macri (presidente da Argentina) mandou tirar tudo que era foto da antecessora e etc!

Ainda na entrada dá para ver uma capelinha, lembrando que a Argentina é um país católico legalmente (está na constituição de lá). Subindo você começa a ver salões de reunião históricos, locais em que o presidente trabalha, muita coisa importante aconteceu ali.

O museu de Evita Perón também foi fechada, mas tem uma ala toda dedicada a ela. Uma sala de reuniões que era usada por ela, com espelhos enormes e com aquela classe que o nome de Evita inspira. O ponto principal é o quadro no corredor, um “retrato” dela com Perón no dia da posse dele, ela com um elegante vestido branco.

IMG-20170416-WA0101

Também podemos entrar na sala de imprensa, aquela que aparece no Jornal Nacional quando tem declaração oficial da chanceler, do presidente ou de alguma autoridade da argentina.

Mas, sem dúvida alguma, o ponto alto para mim foi a sala dos bustos. Lá estão os bustos de quase todos os presidentes da argentina. Nomes históricos que estudo sempre para o concurso estavam ali, “olhando” para mim. E sim, tirei foto de todos os bustos, vou colocar aqui só alguns, na ordem estão: Rivadavia, Urquiza, Mitre, Sarmiento, Frondizi e Perón:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Do lado da Casa Rosada tem o Museu da Casa Rosada. Por lá é possível ver objetos de ex-presidentes, assim como quadros, símbolos, cronologia dos governos, móveis usados por eles, carros antigos e mais curiosidades.

Tudo isso fica na Praça de Maio (famosa por ser o local de manifestações contra o governo e demais mobilizações).

Ainda ao redor dessa praça fica a Catedral, local onde Jorege Mario Bergolio serviu antes de se tornar o Papa Francisco. Além de você sentir toda essa energia positiva desse Papa, você se maravilha com cada detalhe da construção, é impossível não para por alguns minutos para ouvir a música tocada pelo órgão.

Foi um momento muito emocionante, e olhe que não sou muito religiosa.

IMG_20170416_170955

 

 

Ainda nesse dia fui conhecer um outro museu, o da Fragata Presidente Sarmiento, em Puerto Madero. Esse é um ponto mais para quem conhece e gosta do mundo naval, afinal o museu é a própria fragata, além de mostrar todos os detalhes, como os uniformes dos marinheiros e os canhões.

O preço para entrar nesse museu é bem simbólico, coisa de $10,00 pesos.

De dentro da fragata dava para ver dois pontos maravilhosos. Primeiro o cais, onde tinha um casal dançando tango, o que é sempre um prazer assistir, depois a Ponte da Mulher!

IMG-20170416-WA0071
Essa é a Ponte da Mulher
IMG-20170416-WA0066
Essa fragata no fundo é o museu!

A segunda foi o último dia de passeios, porque meu vôo já era terça (tinha que arrumar minha bagunça), fui fazer o passeio que eu queria fazer, conhecer o Teatro Colón, um dos mais tradicionais do país. A visita guiada de lá é pago, custa uns $ 250,00 para visitantes (tem descontos para residentes, estudantes e idosos).

Mas vale a pena, a primeira coisa que é visto na visita é uma vitrine com os figurinos do Lago dos Cisnes e os croquis originais! Só lembro dos tutus maravilhosos.

Todo o prédio foi feito pensando a acústica, desde o palco principal até os salões externos. Não pude ir até o palco, mas isso não me impediu de passar minha coreografia na cabeça como se eu tivesse naquele palco (que está recebendo o balé de repertório Sylvie). Pude ver os camarotes, que já dava para ver o palco e o teto maravilhoso do salão principal.

Sim, o salão principal é maravilhoso, mas o que mais me surpreendeu foi conhecer o Salão de Ouro. Esse é um salão relativamente pequeno, como se fosse um corredor, com teto catedral (aquele bem alto), com lustres de ouro (ou eram só dourados, não consegui entender essa parte kkk) e espelho enormes, um de frente para o outro, fazendo o salão ficar maior ainda.

IMG_20170417_162420
Essa é a Sala de Ouro!

Este salão era usado para os encontros da alta sociedade do século XIX (e começo do XX, se não me engano). O que faziam ali? Simplesmente se amostravam, para ficar conhecido pela sociedade. Casamentos eram combinados e políticos pediam votos. Bem no estilo daqueles bailes europeus que a gente ver em filme de época.

Ah, as pessoas com dinheiro, mas com pouco prestígio, iam nessas reuniões mostrar que sabiam falar francês, assim ficariam conhecidas na sociedade!

Obs.: Fiquei tão distraída com o palco que esqueci de tirar uma foto decente!

 

Só mais uma coisa desses passeios. Alguns são pagos mesmo, mas dá para fazer muita coisa de graça, a Casa Rosada (mas tem que marcar hora), os museus (menos o da Fragata) e a Catedral são gratuitos.

Espero que tenham gostado desse passeio!

Beijinhos e até mais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s