Turistando – Parte I

Oi galerinha linda,

Impossível eu não dividir alguns momentos maravilhosos que tive na capital dos nossos hermanos. Ao vivo e a cores já estou enchendo o saco da minha família, porque tudo é desculpa para falar sobre Buenos Aires.

Para não ser mandada embora de casa vou falar por aqui kkkkk.

Decidi dividir em alguns posts, já que fiz vários tipos de passeios, para não ficar muito cansativo.

Meu primeiro dia inteiro em Buenos Aires foi sendo turista mesmo. Passei o dia passeando em um ônibus de turismo, estilo aqueles ingleses, que têm dois andares e o de cima é aberto.

Paguei em torno de $450,00 pesos, que é equivalente a, mais ou menos, R$ 95,00. Achei bem justo o preço, porque roda a cidade inteira, tem vários pontos na cidade, você pode descer em qualquer um desses pontos (que são em pontos turísticos) e pegar um outro ônibus da linha com o mesmo ticket.

Eles têm três linhas, cada uma com pontos diferentes da cidade, em vários pontos você tem a opção de mudar de linha. Sabendo direitinho aproveitar dá para conhecer a cidade toda em um dia.

Ao comprar o ticket você recebe um mapa com os trajetos de cada linha e horários e um fone de ouvido. Fiquei sem entender a razão do fone até entrar no ônibus, em cada assento tem tipo um rádio, por lá são passados informações de cada ponto passado em vários idiomas.

IMG_20170502_133421-01
Esse é o mapa e o saquinho do fone, que não sei onde guardei.

 

Tem muuuuuuita coisa para se ver, por isso eu e minha amigas escolhemos pontos mais longe da casa dela, porque os mais próximos dava para ir nos outros dias, como nós realmente fizemos.

O primeiro ponto que paramos foi o bairro da Recoleta, que era onde tinha mais opções para o almoço. Muito bom ir na parte de cima do ônibus, dá para ver tudo!

Na Recoleta, antes de irmos almoçar, fomos a um dos pontos mais famosos de Buenos Aires, o cemitério. Sim galera, a primeira coisa turística que eu fiz foi entrar no cemitério, coisa que só faço aqui por muita necessidade. A grande diferença é porque esse cemitério é o mais antigo, portando por lá estão enterrados vários dos ex-presidentes e personalidades argentinas.

A primeira coisa que eu vi ao entrar lá foi uma placa indicando a direção do Mausoléu de Sarmiento, minha nerdice se ativou e lá estava eu me embrenhando por um cemitério atrás de um túmulo. Encontrei alguns “conhecidos”, confiram:

Paramos para almoçar em um restaurante em minha homenagem, porque sou modesta mesmo #Brinks!

Mas o restaurante era minha cara mesmo, todo cor-de-rosa, com o ambiente interno e externo, sendo o externo bem estilo francês, minha cara.

O que mais me impressionou, além da comida e da limonada com gengibre (maravilhosa), foi a chegada de um, vamos dizer, urso…

IMG_20170413_131206
Dá para ver um pouco do estilo de restaurante.

Em quase todos os lugares públicos que visitei vi muitos cachorros, de todos os tipos, e vi que lá eles têm uma relação bem próximo com os amigos de quatro patas. Nesse caso eu me impressionei pelo tamanho do bicho, que ficou quietinho enquanto o dono almoçava. Detalhe, o dono recebeu o aperitivo e o mascote uma tigelinha e água, o que mostra o costume que esses restaurantes têm com esses clientes fofos.

Almoçadas partimos para o próximo ônibus. Andamos muito, pudemos ver os estádios do Boca Juniors e do River Plate, o hipódromo, o Parque da Memória (que é onde tem registros da ditadura argentina), o Clube dos Pescadores (que parece uma casinha de desenho animado), as belas casa de Puerto Madero, mas paramos no Carminito.

IMG_20170413_151536
Estádio do Boca. Tentei tirar foto de tudo que vi, mas só encontrei essa!

Essa rua fica no bairro do Boca, é um espaço muito turístico. Posso compará-lo a uma vila, onde as casas são tipo cortiços, mas hoje são usados como feirinha de artigos típicos da argentina. Muito legal que eles mantiveram e ressaltaram as características de cortiço, em muitas varandas é possível ver esculturas que imitam moradores na rotina normal, como olhar o movimento da rua.

A primeira escultura vista é do Papa Francisco, mas também podemos ver Maradona e Mafalda em outras.

IMG-20170413-WA0121
Comprei uma blusa com Mafalda justamente nesse ponto!

IMG_20170413_162116

IMG-20170413-WA0095
“Oi senhor, posso entrar??”

Um lado da rua serve como cenário para fotos lindas, inclusive vi uma modelo em uma sessão de fotos enquanto estava por lá. Eu aproveitei um pouquinho e me fiz de Gisele, olha o resultado:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Do outro lado tem vários restaurantes, tudo é muito estreito, por isso as mesas ficam na rua mesmo (por lá não pode passar carro), mas as calçadas são destinadas para que artistas de tango façam seu show.

Ainda tem um “shopping popular” na outra extremidade da rua, que tem menos cara de feirinha, mas você pode encontrar praticamente os mesmos produtos. Por lá comprei um licor de doce de leite e um doce de leite caseiro (que já está acabando, preciso de mais kkkk), uma delícia.

IMG_20170414_094116_835
Entrada de uma das galerias do Carminito

Depois de atravessar tudo isso é possível apreciar o Rio Del Plata. Sim senhoras e senhores, eu vi de perto o rio que foi motivo de tantos conflitos entre Brasil e Argentina, uma lágrima quase que cai.

IMG-20170413-WA0046
Que toda a emoção que eu senti ao estar na beira desse rio se transforme em aprovação nesse CACD… Amém!

Para vocês não chamarem de besta, vou explicar. Esses conflitos são extremamente importantes para a história de ambos os países, impossível estudar história do Brasil e a relação internacional entre estes dois países sem falar desse rio. Ou seja, as palavras que tanto leio tornaram-se verdades palpáveis.

Finalizamos o passeio por lá, pegamos o último ônibus, ainda vi muita coisa interessante, como uma avenida que só tem teatro (atrás do Teatro Colón, que é o mais tradicional), a Casa Rosada e a Catedral onde o Papa Francisco servia quando ainda era “apenas” Jorge Bergolio.

Andei tanto, cheguei em casa só a farofa, mas foi muito bom, aproveitei muito. Foi útil também para marcar pontos que quis ir depois, para poder tirar foto e conhecer mais um pouco.

Beijinhos e até mais!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: