Nívia Colunista: 3 semanas atrasadas

Bom dia domingo!

Estou beeeem em falta com a divulgação da coluna lá do NoSet, já tem três semanas que não converso sobre as colunas de lá. Isso não significa que não foi atualizada, nessas três semanas (quase um mês, na verdade) tiveram três matérias e vou falar delas agora.

Logo-NoSet

Uma semana dedicada ao ballet, como não gostar, não é mesmo!

Falei sobre o especial “O Quebra Nozes” (“The Nutcracker” – 1993) que está disponível no Netflix. Assisti tanto esse especial quanto um espetáculo de um grupo brasileiro que está disponível no Youtube, para poder comparar e falar para vocês se o especial é fiel à história.

Fiz destaque para a participação de Macaulay Culkin no papel do próprio Quebra Nozes.

Aproveitando que estou falando dessa matéria, preciso fazer uma correção sobre um conceito bailarinístico que dei. Na matéria falo sobre a Fada Açucarada e seu cavalheiro, digo que eles fazem o chamado “gran pas de deux”, mas não disse o conceito correto.

Por isso recorri ao blog de ballet mais completo desse Brasil, o “Mundo Bailarinístico”, que tem todo um dicionário sobre esses passos e posições, além de uma matéria dedicada ao “grand pas de deux”.

Segundo o blog o “grand pas de deux” consiste em um conjunto de cinco partes: entrée, adage, variation para ele, variation para ela e o Coda.

O “Entrée” é a introdução, momento em que a bailarina e seu parceiro se apresentam ao público para iniciar a coreografia. O “Adage” é a parte mais encantadora, pelo menos para mim, porque é o momento em que o casal realiza movimentos mais delicados, elegantes, que testam o equilíbrio deles, é aquele momento que a plateia jura que eles estão flutuando no palco.

As variações é quando cada um faz seu solo. Geralmente é primeiro o bailarino e depois a bailarina, em ambos eles mostram saltos, acrobacias e aquelas coisas que a gente fica tentando entender como é possível fazer e respirar ao mesmo tempo. O “Coda” é a conclusão, utiliza elementos de cada momento e termina com o clímax da música.

 

Sabe quando você se apaixona tanto por um livro que demora para se desligar, tem até pena de terminar de ler? Esse é “Morgenstern”! Esse livro foi lançado em 2016 pela editora “Novo Século” e foi escrito pela paulista Kelly Hamiso.

Em uma apertada síntese, Morgenstern fala sobre um casal quase que praticamente impossível, um lutador de MMA já quase aposentado, é conhecido pela sua seriedade e por nunca ter perdido uma luta, uma verdadeira muralha, e uma estudante de fisioterapia com um dom especial. Ele é Hans e ela Sarah.

Em 368 páginas Hans e Sarah mostram que uma história de amor é possível, mesmo com todos os obstáculos que a vida coloca em nossas, que, na verdade, vem mais para nos ensinar lições do que realmente impedir que essa história aconteça.

O livro tem muuuuitas nuances e histórias paralelas, apesar disso não é cansativo porque tudo faz sentido quando você liga os pontos.

Clique aí no título dessa coluna para ler a resenha completa!

 

Não, não é um documentário sobre crianças africanas ou asiáticas sofrendo com a fome e miséria crônicas. Nada contra, muito importante esse tipo de documentário, mas não é a história de “Toast”.

Esse filme de 2010 mostra a história da vida do chef de cozinha inglês Nigel Slater, que tinha uma mãe nada talentosa na cozinha, mas que o amava muito, e um pai que pouco se importava com isso.

Ainda pequeno Nigel perdeu a mãe e o pai, aos poucos, encontrou uma nova companheiro, que sabia cozinha, mas não se dava nada bem com o menino. Um pouco mais velho Nigel decidiu realmente aprender a cozinhar, e aí começa uma “guerra” com sua madrasta que o faz seguir o seu caminho até se tornar chef de cozinha.

Destaque para a atuação sempre impecável de Helena Boham Carter, que, mais uma vez, faz uma “dobradinha” com Freddie Highmore, dessa vez como madrasta e enteado.

Para conferir mais detalhes é só clicar no título!

 

Espero que gostem das recomendações, aceito comentários, quero saber suas opiniões!

Beijinhos e até mais.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s