Por que emagreci tão rápido?

Minha “luta” com meu peso nem é nova nem é um segredo. Quando pequena tinha sobrepeso (já mostrei fotos), passei minha adolescência tentando encontrar uma forma de emagrecer, encontrei várias, inclusive a dança. Hoje estou pesando entre 50Kg e 52Kg, mas não estou tão saudável.

20161011_231519
Fofinha, mas gordinha!

Comecei a emagrecer porque descobri um descompasso na glândula tireoide,  o hipotireoidismo, que deixa o organismo mais lento, causando queda de cabelo, sonolência e dificuldade de perda de peso. Desde os meus 11 anos tomo remédio para controlar e isso refletiu no meu peso.

Anos depois, já na faculdade (na metade do curso), descobri que sofria de enxaqueca. Isso me tirou parcialmente da cafeína e do chocolate, não posso comer nada com esses ingredientes no por momento do mês: TPM! Daí eu passei a prestar mais atenção na minha alimentação, atenção até demais.

url-1
Eh maldade!

Faltando uns seis meses para a minha formatura decidi que iria emagrecer um pouco para o baile. Isso eu já tinha emagrecido muito por causa de toda a rotina de estudos e estresse do Exame da OAB e do TCC, comia pouco e tomava muito café, apesar de não poder (e sofria em alguns dias por causa disso). Primeiro passei a tomar a água de gengibre todos os dias, como água, depois procurei uma nutricionista.

Todo o ano de 2015 eu fui acompanhada por esta nutricionista, que me disse uma coisa que me assustou, se eu emagrecesse mais eu entraria no caso de anorexia. Eu pesava 55Kg na época! Minha meta na época era manter o peso e, se possível, ganhar massa muscular, por isso comecei até a usar whey.

Esse ano foi muito importante para minha saúde, aprendi a ser mais responsável com minha alimentação, comer nas horas certas e os alimentos certos, sem passar fome nem recorrer a receitas milagrosa. Por outro lado descobri que essa vida de maromba não é para mim. Gosto muito de frango, batata doce e ovo, mas peguei nojo do whey e não me adaptei à musculação. Minha atividade física é o ballet mesmo, comprovei.

Já esse ano eu não consegui continuar com o acompanhamento da nutricionista, mas ficaram aprendizados da época. Tento, ao máximo, comer de 3 em 3 horas, presto atenção para não ter um prato “redundante” (arroz e macarrão, arroz de batata, essas coisas) e não consigo comer muita besteira durante a semana. Se eu comer pão em um dia, só vou comer outro no dia seguinte, o mesmo vale para as “junk food’s” da vida.

Apesar disso tudo um evento ocorreu que me fez passar por outro susto. No final do mês de setembro eu comecei a sentir o que seria uma crise de enxaqueca. Depois de ter tomado remédio e descansado, a dor de cabeça passou, mas a do estômago me deixou a noite acordada. As suspeitas eram muitas, até porque eu já havia sido alertada de um possível refluxo.

Para acabar com todas as dúvidas fui ao médico e fiz exames, incluindo a endoscopia. Foi uma novela para marcar e uma novela mexicana para eu fazer (lágrimas, muitas lágrimas), mas eu fiz. O resultado deu apenas refluxo da bilis, preciso só tomar um comprimido 15 minutos antes da refeição, sendo pela manhã eu já estava tomando dois (resumindo, estou acordando uma hora antes do café da manhã, para poder tomar esses remédios).

Esse tratamento é o de menos, pelo menos agora eu já sei o que tenho e já estou liberada para comer o que eu quiser. O problema foi quando eu ainda estava a dúvida. Sou muito radical com essas restrições alimentares, se não posso uma coisa corto de vez, além disso minha ansiedade só me fazia pensar que qualquer coisa que eu fosse comer iria me fazer mal.

Resultado: cortei massa de trigo, de milho e de mandioca; todas as frutas cítricas; feijão de todos os tipos; doces (só sobrou a rapadura e o mel); chocolate; café; etc. Emagreci quase 5Kg dentro de uma semana.

url
Isso é biscoito de arroz, minha “ração” por três semanas! Não é ruim, mas um pão é beeem melhor kkk.

Tenho orgulho disso? De forma nenhuma! Gosto de ser magrinha, era meu sonho de infância, mas sei que não estou saudável e preciso recuperar minhas forças. E, acima de tudo, fazer as pazes com a comida, ter prazer em comer um prato de macarrão e depois um McFlurry de mini-bis!

Mas tenho boas reflexões desse quase um mês de restrição. Aprendi a beber chá, a não depender tanto de remédios sintéticos e a apreciar ainda mais a bata doce e a macaxeira. Sério, eu só comia arroz, quando tinha uma dessas leguminosas eu nem olhava pro arroz. Agora sim sou maromba, almoço frango e batata doce umas 3 vezes na semana.

Enfim, agora vou correr pelo tempo perdido. Já comi chocolate, já comi sorvete com Nutella, já comi pão (o que é a vida sem pão?), voltei a temperar com pimenta e comi tapioca (também faz falta). Agora falta bater um prato de macarrão, encarar uma pizza, voltar a beber leite e comer feijão!

url-2
Isso é vida! (obs.: ninguém me pagou pra dizer isso kkk)

Alguém aí tem algum problema assim com a comida ou com o peso? Vem compartilhar comigo por aqui!

Beijinhos e até a próxima.

Anúncios

5 comentários em “Por que emagreci tão rápido?

  1. Oi Nívia…
    Lendo sua história de peso e saúde frágil não teve como não me lembrar da minha. Fui diagnosticada com hipertiroidismo ainda na faculdade e na época o médico disse que era devido ao stress, desde então (já faz um bom tempo) tenho que tomar remédios em jejum, e por conta da tireoide eu engordei 10kg em um piscar de olhos, a minha sorte é que no primeiro sintoma de mal estar que eu tive, corri para o médico que descobriu de imediato essa doença. Desde pequena eu sempre fui mto frágil, passei por muita coisa, bronquite, pneumonia, sou super alergia a quase tudo nessa vida, e isso influenciou no meu peso, na adolescência eu era quase anoréxica, aí qdo entrei na faculdade, tudo desandou, hj eu preciso cuidar mto da minha alimentação para não ganhar peso e preciso ainda perder os 10kg q ganhei, mas o pior de tudo são os comentários de quem não sabe da história toda “Nossa como você engordou”… Por isso eu admiro muito sua luta pela alimentação correta, por uma vida normal, é ruim ser frágil demais e eu entendo bem disso!
    Boa sorte! Beijinhos!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s