Irmandade

As relações entre irmãos sempre me comoveram muito, acho que já disse por aqui que sou a caçula de 05 irmãos (no caso eu sou a quinta), somos duas irmãs (a mais velha e a mais nova) e três irmãos. Esse sentimento é tão forte que me fez chorar ao assisti “Frozen”, o filme animado mesmo (let ir go, let it go…..).url

Como vocês podem imaginar, me acostumei a ser irmã, a ter com quem contar em todas as horas, exatamente por causa disso eu me sinto tão a vontade dentro de uma irmandade. Dessa eu já falei, minhas Filhas de Jó, minhas queridas irmãs. Esse sentimento foi confirmado em uma das coisas mais incríveis de fazer parte da ordem, viagens com as irmãs.

Nesse último final de semana eu fui conhecer mais uma cidade do Pernambuco, Caruaru. O estado já conheço há tempos, desde que me entendo por gente viajo a Recife de vez enquanto, agora ainda mais que tenho dois sobrinhos por lá, sempre amei o sotaque do povo de lá e o desenvolvimento da cidade, apesar de parecer tão suja e abandonada (resumindo, amo os shopping e o fato de ter embaixadas).

Amo viajar, conhecer novos lugares, mas odeio pegar estrada, sou muito impaciente, tento dormir a estrada inteira, sem contar que sou enjoada para comer em restaurantes de estrada. Só minha família e minhas irmãs de ordem me fazem pegar uma estrada horrível por 10h inteiras, detalhes, minhas pernas vieram esse tempo todo encolhidas.

img-20161015-wa0009
Comitiva do RN, melhor de todas, amo tanto!

Todo o desconforto da viagem é completamente esquecido quando se chega no destincoracoes2o esperado. Chegando a Caruaru eu me surpreendi, a cidade é enorme e fria (comparada com Mossoró, logicamente), além disso as irmãs de lá são super acolhedoras, realmente me senti em casa por lá. Além disso tudo eu passei um final de semana inteiro escutando “s” sendo pronunciado em forma de “x”, de forma ritimada que chega a ser quase cantada, isso não tem preço (imaginem corações saindo da minha cabeça).

Senti-me tanto em paz por lá, o clima, a paisagem, as companhias, as compras já feitas na entrada da cidade (sou capitalista, não nego nunca) e tudo o que essa viagem me proporcionou. Vi novamente algumas pessoas que admiro muito, algumas são praticamente vizinhas, mas só nos vemos assim, e conheci outras mais.

Ah, tem algo que massageou ainda mais meu ego. O Congresso Pernambucano desse ano (esse evento que fui) teve convidadas especiais, as grandes “chefes” internacionais da ordem, elas são a Suprema Deputada, a Vice-Suprema Deputada (acho que é assim que se diz), a Suprema Guardiã, a Miss Filha de Jó Internacional e a Honorável Rainha do Supremo Bethel. Essas três primeiras são dos EUA, a Miss também, mas mora na Austrália e a HR é canadense.

Por todas falarem inglês e nem uma palavra em português, foi necessária algumas interpretes. Calma aí, eu não fui nenhuma interprete oficial, porém tiveram momentos que nenhuma das oficiais estavam por perto, mas haviam pessoas que falavam inglês querendo conversar com elas e eu estava ali do lado. Resumindo, treinei meu inglês capenga e a gringa maravilhosa (muito fofa, à propósito) falou que é bom!

Essas fotos aqui representa um pouco da paz e a satisfação que senti naquele lugar lindo, que quero voltar (agora com um voo direto, faz favor kkkk).

Por hoje é só, beijinhos e até a próxima!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: