Garimpando a Netflix!

Netflix

Você é como eu que tem acesso à Netflix, mas passa mais tempo procurando o que assisti do que realmente assistindo? Num desses momentos de procura eu dei “chance” para alguns filmes um tanto esquecidos, seja porque a história é subestimada ou porque não tem um elenco cheio de nomes famosos, e me surpreendi com muitos deles, então resolvi fazer uma lista (porque eu amo listas kkk) com 08 deles.

 

1- In Your Eyes (2014)in-your-eyes-2

Esse filme não tem título em português, lá na Netflix ele está sendo divulgado assim, mas, se não me engano, tem dublado (caso queiram). A trama gira em torno de Rebecca e Dylan, eles tem o poder telepático de ver o que o outro ver como se estivesse acontecendo consigo mesmo, porém eles não se conhecem e não têm nenhuma ligação lógica, sempre moraram em lados opostos do país. Ele fez algumas escolhas ruins na vida, mas está começando a se reestabelecer, aparentemente seu “poder” não o atrapalhou muito. Já Rebecca sofreu com isso, sua família não entendia e ela foi tratada como louca por toda a vida, por isso ignora a telepatia, até que um dia volta a ver o que Dylan ver e vai além, eles conseguem se comunicar. A partir daí ela passa a se aceitar melhor e ele a se ver que tem potencial de ser feliz.

Além da história um pouco surreal, esse filme é protagonizado por Zoe Kazar e Michel Stahl-David, nenhum dos dois tem grande peso na indústria, apesar dela já ter contracenado com Leonardo DiCaprio no filme “Revolutionary Road”, passando um pouco desapercebido, mas o filme surpreende pela delicadeza. Ah, o elenco ainda conta com  Nikki Reed (Saga Crepúsculo), mas aprecem como co-adujavante.

 

2- O Amante da Rainha/A Royal Affair (2012)tt1276419

Para quem gosta de história e política (a ciência, não a politicagem) esse é uma ótima opção. É um filme biográfico de Dr. Johann Friederich Struensee, que era um médico alemão com ideais iluministas. O filme começa em 1767, quando a princesa Caroline, da Inglaterra, casa-se com o rei Christian VII da Dinamarca, que apresentava sinais de loucura, era insano e infantil (o que dá um toque cômico ao filme). A vida do casal real se cruza com a do “humilde” médico quando o filho deles adoece da praga que se espalhava pelo país (que estava mal administrado), então Dr. Struensee salva a vida dele e ganha a confiança do rei, que logo o contrata como psiquiatra pessoal, por pressão do parlamento. Ele não ganha a confiança da rainha com a mesma rapidez, é preciso ele fazer um “agrado”: trazer seus livros com ideias iluministas (Rousseau e cia), a partir de então eles tenta guiar o governo por meio do rei, além, lógico, de se tornarem amantes. 

A rainha Caroline é interpretada por Alicia Vikander, que não era muito conhecida quando eu assisti o filme (ano passado), mas agora ela até é ganhadora de Oscar por “A Danish Girl” (que eu ainda não assisti, mas preciso assistir). Dr. Struensee é vivido por Mads Mikkelsen, conhecido por ser o Dr. Hannibal Lecter (aí gosta de ser psiquiatra! kkk) na série homônima, eu sou fã dele por causa dessa série! Mas ele já apareceu em outros filmes como “Os Três Mosqueteiros” (o de 2011, que Orlando Bloom é o vilão) e “Fúria de Titãs”(2010). E esses são os únicos nomes conhecidos do filme, mas o Mikkel Boe Følsgaard, quem vive o rei Christan VII merece toda a atenção.

 

3- Liberal Arts (2012)Liberal-Arts-2012-LIMITED-BDRip-XviD-SPARKS

Está afim de um filme delicado, tocante, mas não piegas, tudo acompanhado por música clássica e literatura? Então esse é o eleito! Jesse é formado em literatura, é apaixonado por livros e muito nostálgico quanto aos tempos faculdade, ele diz que foi a melhor época da vida dele. Ele ainda é amigo de um de seus professores, quem está sendo aposentado compulsoriamente da universidade, sendo homenageado pela mesma em um jantar, por isso convida Jesse para participar do momento. Para Jesse essa foi uma ótima oportunidade para voltar ao campus, já fazia 20 anos que havia se formado, enquanto está lá é hospedado pelo professor, que também recebeu a visita de um casal amigo. Durante a estadia Jesse conhece Zibby, filha de 19 anos do casal amigo e estudante do segundo ano de Literatura. Logo eles fizeram amizade, afinal compartilhavam de gostos parecidos, especialmente o passado, eles passaram a se comunicar por carta, enquanto ela falava de música clássica e ele de literatura eles se apaixonam. Apesar de parecer água com açúcar o filme é divertido, as vezes um pouco ácido até.

Não sei porque esse filme não fez sucesso, a história é linda e bem construída (minha opinião) e o elenco é relativamente conhecido, Jesse é simplesmente Josh Radnor de How I Met Your Mother (ok, não é Barney, mas… Have you met Ted?kkk). Zibby é Elizabeth Olsen, irmã das Gêmeas Olsen (Full House) e está arrasando como a Feiticeira Escarlate em “Capitão América: Guerra Civil” e demais filmes da Marvel! O filme ainda conta com Richard Jenkins, de “Comer, Rezar e Amar” (ele faz o texano no centro de yoga, muito bom) e Elizabeth Resser (Saga Crepúsculo).

 

4-  Copenhagen (2014)copenhagen_tNone_jpg_290x478_upscale_q90

Típico filme europeu, mostra um moço americano procurando por um sentido na vida. Na verdade Will procura por seu avô, um veterano da Segunda Guerra Mundial, que deixou a esposa e o filho (pai de Will) fugirem para os EUA para escaparem da guerra, mas nunca voltou a se comunicar com eles. Will foi deixado pelo pai quando ainda era criança, só foi ter notícias dele novamente quando já tem 25 anos e a ocasião foi triste, ele havia morrido e Will recebeu os objetos pessoais, inclusive uma carta escrito em dinamarquês endereçado para seu avô. Will, que não conseguiu construir nada na vida, decide viajar para Copenhagen para entregar a carta, chegando lá ele conhece uma menina, Effy, que a auxilia nesta missão e o apoia nos momentos mais difíceis da viagem. Eles acabam se apaixonando, porém ela tem metade da sua idade, o que ele não percebe porque ela tem o dobro do juízo dele. Não tem muito toque de comédia, é mais para reflexão mesmo.

Esse foi garimpagem mesmo, nem o filme foi muito divulgado aqui no Brasil nem o elenco é conhecido, apesar de competente. Will é interpretado por Gethin Anthony e Effy por Frederikke Dahl Hansen, ambos são conhecidos (eu acho) só dentro da Europa.

 

5- Questão de Tempo/About Time (2013)21053062_20131025204305591

O que você faria se pudesse voltar no tempo? Esse mostra o que Tim fez! Tim descobre, aos 21 anos, que os homens de sua família tem o poder de voltar no tempo e começa a lidar com isso da forma que todo jovem faria: corrigindo alguns vexames públicos. A vida acontece e Tim passa a amadurecer percebendo que o tempo não é seu inimigo, mas sim seu amigo, aprendendo a aproveitar cada momento da vida como se fosse o único (que, pensando bem, são únicos mesmo).É um filme europeu também, então tem toques filosóficos mesmo, mas dá para rir e se identificar com muitas coisas.

O elenco tem nomes conhecidos! Tim é Domhanll Gleeson, para mim ele é um completo desconhecido, porém se você é um fã de Harry Potter deve o conhecer, ele participou dos dois últimos filmes, além disso está presente em 3 dos filmes indicados ao Oscar 2016: “Ex Machina”, “Brooklyn” e “The Revenant”. Ele tem dois interesses amorosos no filme, a paixão de adolescência, Charlotte, é vivida por Margot Robbie, a Arlequina de “Esquadrão Suicida” e fez um filme com Rodrigo Santoro, “Focus” (2015), e o amor de sua vida é Mary, interpretada pela linda Rachel MacAdams, conhecida por “Meninas Malvadas” (2004), “Diário de uma Paixão” e agora “Spotlight”. O pai, quem guia a trama, é Bill Nighy, ele interpretou Davy Jones em dois dos filmes da franquia “Piratas do Caribe”.

 

6 – Le Chef/Comme un Chef (2012)images

Esse representa uma nova paixão para mim: Filmes franceses. A história aborda a vida de dois Chefes de Cozinha franceses, um, Alexandre, é famoso e tem um legado, mas sua fama parece em declínio, o outro, Jacky, é inexperiente e um tanto arrogante, por isso não consegue se manter em nenhuma cozinha, mas tem muito talento, paixão e força de vontade evoluir. Suas vidas se cruzam quando Alexandre prova um prato no jantar do asilo que seu pai mora,  ele percebe que aquela receita faz parte do seu legado, mas feito por Jacky, que estava fazendo um bico, mas consegue um estágio no restaurante de Alexandre. Daí nasce um amizade que salva a auto estima de Alexandre e dá um futuro para Jacky, além de questões da vida pessoal de cada um. O filme é muito divertido, dá pra rir do começo ao fim, além de mostrar pratos lindos, dá vontade de ir pra França comer aquilo!

No elenco conta com Jean Reno, que é muito conhecido por alguns filmes clássico, já fez participação em filmes como “O Código da Vince” e a franquia “A Pantera Cor de Rosa”. Jacky é vivido por  Michaël Youn, conhecido mais dentro da França, mas trabalhou com Jackie Chan no filme “Volta ao Mundo em 80 dias – Uma Aventura Muito Louco” (2004).

 

7- Dragon Blade/Tian Jiang Xiong Shi (2015)dragon-blade-poster

Sim, é um filme chinês! É a história de uma possível aliança entre um soldado romano, Lúcio, e um soldado chinês, Huo An preso junto com seus colegas de trabalho (e amigos) por um crime que nunca cometeram, tudo ambientado na China comandada pela dinastia Han. Na prisão os soldados chineses são obrigados a construir um forte romano, enquanto isso ensinam aos romanos o modo de lutar dos chineses, construindo uma amizade e a aliança de proteção entre si. É um filme sério e sóbrio, é interessante para quem gosta do tema de guerra e estratégia, mas tem uns toques de comédia.

O elenco conta com três nomes de peso! Huo An é interpretado por Jackie Chan, tão famoso por filmes de ação que misturam humor, como as franquias de “A Hora do Hush” e “Bater ou Correr” (sou muito fã!). Lúcio é vivido por John Cusack, sempre presente em filmes dramáticos, mas eu conheço por filmes como “America’s Sweethearts” (2001) e “Procura-se Um Amor que Goste de Cachorros” (2005). O rei romano, Tiberius, é Adrien Brody conhecido por “Meia Noite Em Paris” (2011), “King Kong” (2005) e “O Pianista” (2002).

 

8- Mesmo Se Nada Der Certo/Begin Again (2013)240696

A indústria musical pode ser muito atrativa, mas para aqueles que gostam de manter o significado puro da música esta pode ser decepcionante. Este filme aborda o encontro musical de um produtor musical em tempos difíceis, Dan, e uma compositora com grande possibilidade para ser uma cantora de sucesso, mas não tem o estimulo correto, Gretta. Ela namora com um cantor e ator em acensão, por causa disso eles se mudam para Nova Iorque, pouco tempo depois eles se separam e ela conhece Dan quando tentava cantar em um bar, ele lhe oferece uma oportunidade de gravar um álbum dela. O problema é que a carreira dele estava em declínio, bem como sua vida pessoal. Por causa do talento dela, tão raro para o cenário musical, ele enfrenta a sua antiga produtora e elabora um projeto independente: gravar uma música em cada ponto da cidade, ao ar livre e com artistas desconhecidos.

O elenco conta com Keira Knightley, tão famosa por filmes de época como “Orgulho e Precoceito” (2005), que não me canso de assistir, e os três primeiros filmes de “Piratas do Caribe”, como Gretta, Mark Ruffalo, conhecido como o Hulk da franquia “Os Vingadores” e filiais, filmes como “De Repente 30″(2004) e por transmitir calma mesmo interpretando um alcoólatra (kkkk). Ainda tem James Corden, de “Into The Woods” (2014) e Adam Levine do Maroon 5 como o namorado famosinho.

 

Espero que vocês tenham gostado das sugestões, comentem se já assistiram e o que acharam de cada filmes ou se tem mais sugestões. Obrigada pela atenção…

Beijinhos.

 

 

Anúncios

2 comentários em “Garimpando a Netflix!

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: